SEO otimiza conteúdo para sites de busca

O que o empresário precisa saber sobre técnicas de SEO

O SEO (Search Engine Optmization) faz com que os seus conteúdos tenham mais chance de ranquear organicamente no Google.

 

O que o empresário precisa saber sobre SEOMuitos empresários já entenderam que precisam produzir conteúdos de qualidade para criar sua autoridade na internet. Conhecer os conceitos do SEO é fundamental para quem vai produzir seu próprio conteúdo ou mesmo contratar uma agência para a produção.

E o que seria esse SEO? É o conjunto de estratégias para potencializar e melhorar o posicionamento de um site/blog/portal nas páginas de resultados naturais nos sites de busca como o Google.

O Outrolado fez uma listinha bem simples e descomplicada pra você. Pega aí:

1. Qualidade e constância. O mais importante é desenvolver um bom conteúdo e ter constância nessa produção. Isso é fato mas também existem outros fatores levados em consideração nos algoritmos do Google. Links de outros sites para o seu, por exemplo, podem pesar tanto quanto um bom conteúdo.

2. Comentários. Os comentários em outros blogs apontando link para o seu já funcionaram bem um dia. Só que foi usado de forma tão massiva que hoje as áreas de comentários em geral usam o atributo “nofollow”.  Isto significa que, quando inserido no código HTML, nenhum link conta para efeito de SEO. Ou seja, o Google não “soma pontos” para o site que recebe o link quando ele tem esse atributo.

3. Backlinks. É importante sim fazer links do seu site/blog para outros sites. Ainda tem gente que acredita no contrário mas links para outros sites ajudam a ranquear. O Google entende que sites que linkam para outros sites ajudam seus leitores a obter mais informações.

4. Regularidade. Atualizar seu site regularmente é importante para o SEO. Mas se o tema for mais educativo e menos noticioso não há a necessidade de publicar todos os dias. O critério da qualidade é mais importante nesses casos. Isso não significa que você só vai publicar uma vez a cada semestre, ok?

5. Preste atenção às cópias de conteúdo. Se existir dois conteúdos com blocos de textos semelhantes, o Google vai ranquear apenas um e normalmente é o conteúdo que foi publicado primeiro na internet. Portanto, não vale a pena sair copiando textos e publicando no seu site. Produzir um conteúdo autoral é o que vai te dar autoridade.

6. Tamanho não importa. Muita gente ainda acredita que o tamanho do texto conta mas isso não é verdade. O que é levado em consideração pelo Google é a qualidade do conteúdo.

7. Pesquise antes de escrever. Escreva sobre os assuntos que as pessoas pesquisam. Existem ferramentas como o ubersuggest (gratuita) e o SEM Rush (pago) que fornecem dados e relatórios completos que ajudam a definir o que seu público pesquisa e quais pautas terão mais eficiência em uma estratégia de produção de conteúdo.

8. Título é rei. O título é o ponto mais importante do conteúdo e deve conter a palavra-chave que você deseja otimizar e posicionar o seu conteúdo. Então, o conselho é: capriche muito nesse item do seu conteúdo e NUNCA se esqueça da palavra-chave.

9. Otimize a sua URL para posicionar melhor o seu conteúdo e mantenha as palavras-chave mais relevantes. Por exemplo, se seu artigo quer posicionar para “planilha de fluxo de caixa” mas seu título é “Como montar uma planilha para fazer o seu fluxo de caixa”, é importante otimizar o endereço URL para que ele contenha somente as palavras-chave relevantes.

10. H2. Faça um subtítulo ou resumo H2 que também contenha as palavras-chave, além de completar o sentido do seu título.

11. Faça bullets. Organizar e estilizar o seu conteúdo é importante para o seu leitor bem como para ajudar os robôs do Google a interpretar e dar relevância ao conteúdo. As listagens com uso de bullets ajudam a sintetizar o conteúdo e torná-lo mais legível ao leitor. Eu pessoalmente gosto muito e uso bastante nos meus textos.

12. Imagens. Por último e não menos importante é a otimização de imagens. Preste atenção ao salvar o seu arquivo e sempre coloque a palavra-chave do seu conteúdo. Além disso, preencha os demais atributos no seu publicador como: título e texto alternativo. Esses atributos são importantes e de extrema relevância para que o Google entenda o que as imagens tratam. Exemplo: planilha_fluxo_de_caixa.

Leia mais sobre o tema SEO nos sites:

 

Leia também:

O marketing digital pode fazer maravilhas pelos pequenos negócios

 

O modelo AIDA nas campanhas das Organizações Tabajara

Desperte a empresa para o marketing de conteúdo

 

Viviane Danin é jornalista atuando em mídias digitais e diretora na Outrolado_, com experiência em gestão de projetos web e estratégias de conteúdo para negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *